Ver todos os posts
Publicado em Publicado em

As etapas no processo de desenvolvimento de software

Categoria

Programação

Partilhar

O desenvolvimento de software é o processo de conceção, especificação, design, programação, documentação, testes e correção de bugs envolvidos na criação e manutenção de programas de computação, executada geralmente por uma equipa de de developers. Tem como finalidade obter um produto que atende a necessidades muito específicas que podem ser determinantes no sucesso do mesmo.

Na LOBA desenvolvemos software de raiz, pois acreditamos que este tipo de desenvolvimento permite satisfazer necessidades específicas do projeto, assegurando a qualidade do mesmo.

Tudo para proporcionar uma excelente experiência digital para os seus utilizadores, porque sabemos que neste tipo de projetos os pequenos detalhes podem traduzir-se em grandes vantagens competitivas.

Durante o desenvolvimento existem diversos processos, mas também ocorrem atividades básicas comuns a grande parte dos processos existentes. Elas são:

  • Levantamento de requisitos – ponto de partida de qualquer projeto de software. É nesta fase que se define como vão ser executadas as próximas fases de desenvolvimento.
  • Análise de requisitos – após o levantamento dos requisitos é necessária uma análise detalhada dos mesmos. É a partir daqui que são construídos modelos representativos do sistema. É criada também uma estratégia de construção da solução, embora não exista ainda a preocupação de como será realizada.
  • Projeto – aqui define-se a arquitetura do sistema, linguagem de programação a ser usada, Sistema de Gestão de Bases de Dados (SGBD), padrão de interface gráfica, entre outros. O projeto geralmente possui duas atividades básicas: projeto de arquitetura e projeto detalhado.
    • Projeto de arquitetura – normalmente realizado por um arquiteto de software, visa distribuir as classes de objetos relacionados do sistema em subsistemas e nos seus componentes.
    • Projeto detalhado – são modeladas as relações de cada módulo, com o objetivo de realizar as suas funcionalidades. É desenvolvido o projeto de interface entre o utilizador e a base de dados.
  • Implementação – o sistema é codificado numa linguagem, o que torna possível a compilação e geração de código-executável para o desenvolvimento do software. São utilizadas ferramentas de software e bibliotecas de classes preexistentes para agilizar atividades, como geração do código-fonte, documentação, entre outras.
  • Testes – vários testes são executados com o intuito de se validar o produto, testando cada funcionalidade e tendo em consideração as especificações da fase de projeto. Após serem testados, os vários módulos do sistema são integrados, resultando no produto de software. 
  • Implantação – por fim é feita a instalação do software no ambiente final. Esta fase inclui manuais do sistema, importação de dados para o novo sistema e formação dos utilizadores para o uso correto e adequado do sistema. 

Apesar destas etapas serem amplamente usadas, no desenvolvimento de software não existem processos corretos ou incorretos, assim como não existem modelos de desenvolvimento universais para todos os problemas. Na LOBA contamos com o know-how de uma equipa de engenheiros de software que, dependendo de cada objetivo, consegue identificar os processos ou modelos específicos mais vantajosos e adaptar-se a cada desafio. 

Temos uma equipa 100% dedicada ao desenvolvimento de software, com competências para trabalhar com várias tecnologias diferentes, e que procura desenvolver produtos capazes de responder a todas as necessidades dos clientes, desde a integração com ERP’s, plataformas personalizadas, gestão de conteúdos e de e-commerce.

Necessita de uma solução na área de software? Entre em contacto connosco

Ver todos os posts