Ver todos os posts
Publicado em Publicado em

A cor e a sua utilização intencional

Categoria

Design

Partilhar

Um projeto de design, independentemente da sua tipologia, combina harmoniosamente diversos elementos. Entre eles está a cor, que é um tema fundamental para os profissionais da área criativa.

O estudo da cor e a sua aplicação no design não é algo aleatório ou baseado em gostos pessoais. As cores transmitem emoções e sentimentos, provocam comportamentos, influenciam decisões, e todos esses aspectos devem ser tidos em conta quando selecionamos a paleta cromática para um projeto.  

A escolha cromática está intrinsecamente associada aos valores do produto ou marca que queremos comunicar. A cor deverá estar alinhada com a mensagem que se pretende transmitir e com o público-alvo a que se destina. Conhecer os significados associados a cada cor e considerar os aspectos culturais são fatores essenciais para uma escolha acertada.

O uso da cor apropriada contribui para a memorização e identificação da marca ou produto em suportes físicos ou digitais.

Quando desenvolvemos uma identidade visual, a cor será um dos elementos que transmite uma mensagem subtil, contribuirá para revelar a personalidade e posicionamento da marca. A paleta adotada, poderá, por exemplo, indiciar se estamos perante uma marca mais enérgica ou mais contida, se tem uma postura mais friendly ou mais séria, se o seu posicionamento é de luxo ou mais diversificado.

O Packaging é outra tipologia de projetos onde o uso da cor assume uma dimensão de primazia. Neste tipo de suporte a cor é um elemento de atração que poderá ser decisivo no processo de venda dos produtos, tratando-se do primeiro aspecto que atinge o olhar do potencial consumidor. É o elemento que é mais facilmente percepcionado à distância e que, por isso, terá influência na visualização do produto no ponto de venda. A utilização de certas cores no packaging também poderá evidenciar se o segmento do produto é mais premium ou de massas. Um exemplo disso é a utilização do preto e do branco para evidenciar um produto mais selecto e a utilização do amarelo para produtos de carácter promocional.

A aplicação da cor também merece especial atenção no design de ambientes. Cores claras normalmente transmitem a sensação de espaços mais amplos e, em contraposição, as cores escuras diminuem o espaço. A escolha dependerá do que se pretende transmitir.

No universo do digital a gama cromática também revela o seu potencial. Os suportes interactivos, cada vez mais apelativos, utilizam a cor também para seccionar a informação e orientar a navegação, o que se reflete em melhores experiências para os utilizadores que acedem a informação que procuram de forma mais rápida e intuitiva. Isto será uma vantagem que poderá originar um contacto ou uma conversão.

Na LOBA, sabemos que cada detalhe ou elemento no processo de design terá impacto na transmissão de uma mensagem. Sabemos que cada marca, cada produto, cada projeto tem a sua cor e, por isso, somos criteriosos, conscientes e intencionais nas nossas escolhas.

Ver todos os posts